Clicky

Ana Carolina expõe a intimidade em poemas e pinturas

by 04:54 0 comentários

Ana Carolina tem histórias que não cabem em suas canções. Quem lê “Ruído branco” (Planeta), seu primeiro livro, de poemas e memórias, e se depara com frases como “o homem que há em mim se apaixonou perdidamente pela mulher que sou” (do poema “Eu e eu”) pode ter certeza: está espiando uma intimidade.


Curta e compartilhe e comente esta pagina para que outras pessoas vejam,assim como você.Valorize nosso trabalho esperamos seu retorno "O Globo Playstop3" agradece.

0 comentários :

Postar um comentário